Ronaldo Araújo

Blog sobre tecnologias, programação e afins

Como lidar com uma inatividade planejada do website

Dica interessante postada pelo Blog do Google onde compartilho com vocês o conhecimento, agradecimentos a: Tomer Honen e Kaspar Szymanski, Search Quality team, Dublin.

Nível de Webmaster: Intermediário a Avançado

Eventualmente somos questionados sobre se a visibilidade de um website nos resultados de pesquisa do Google pode ser impactada negativamente caso este esteja indisponível no momento em que o Googlebot inicia o rastreio. Por vezes, o período de inatividade de um web site é inevitável: um webmaster decide inativar o website por necessidades de manutenção regular, legais ou culturais. Circunstâncias como estas, que não estejam corretamente sinalizadas, poderão afetar negativamente a reputação de um website. Apesar de não podermos garantir qualquer rastreio, indexação ou posição, existem métodos para lidar com uma inatividade planejada do website de uma forma que, na maior parte dos casos, a sua visibilidade nos resultados de pesquisa não seja afetada negativamente.

Por exemplo, ao invés de devolver um código de resultado HTTP 404 (Não Encontrado) ou mostrar uma página de erro com o código de estado 200 (OK) quando uma página é requisitada, é preferível obter um código de resultado HTTP 503 (Serviço Indisponível) que transmita aos rastreadores do motor de busca que o tempo de inatividade é temporário. Além disso, permite aos webmasters fornecer aos visitantes e bots uma estimativa de quando o site estará novamente funcionando. Se for conhecida, a duração deste período de inatividade em segundos ou a estimativa da data e hora de quando este estará completo, poderá ser específicada num cabeçalho opcional Retry After, que o Googlebot poderá utilizar de forma a determinar quando voltará a rastrear o URL.

Retornar um código de resultado HTTP 503 poderá ser uma solução excelente para um conjunto de outras situações. Encontramos muitos problemas com websites que retornam o código de resultado 200 (OK) para erros de servidor, tempo de inatividade, excessos de largura de banda, ou páginas com marcadores temporários (“Em Construção”). O código de resultado HTTP 503 é a solução do webmaster para todos estes tipos de situações. Em relação à inatividade planejada do website numa manutenção de hardware, por exemplo, é boa ideia ter um servidor alternativo em separado, para poder retornar o código de resultado HTTP 503. É importante, no entanto, não tratar o 503 como uma solução permanente. Situações de utilização prolongada poderão eventualmente ser vistas como sinais de que o servidor está agora permanentemente indisponível, podendo resultar numa remoção dos URL da indexação do Google.

header(‘HTTP/1.1 503 Service Temporarily Unavailable’);

header(‘Retry-After: Sat, 8 Oct 2011 18:27:00 GMT’);

Se configurar uma resposta 503 (Serviço Indisponível), a informação de cabeçalho poderá parecer-se como isto quando utilizando PHP

Além de tornar as páginas 404 mais úteis para os usuários, é também boa ideia fornecer uma mensagem 503 customizada explicando a situação aos usuários e informando a data de reestabelecimento do website. Para mais informação sobre códigos de resultado HTTP, por favor veja RFC 2616.

Share Button

, , , , , , , ,

%d blogueiros gostam disto: